OS PRIMEIROS

1º Turma Adm. da ESNS - Escola Superior Nacional de Seguros - SP

Escola tem novo prédio em São Paulo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

ESNSNa última segunda-feira, 28 de março, a Escola Nacional de Seguros iniciou suas operações em sua nova unidade em São Paulo (SP), em edifício situado à Rua Augusta, 1.600, bairro Consolação. Agora, todas as atividades administrativas e as relacionadas a cursos técnicos, Programa para Habilitação de Corretores de Seguros, Graduação, MBAs, palestras e ao Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES) estão concentradas no novo endereço, a 50 metros da Avenida Paulista e com grande oferta de transporte público (ônibus e metrô).

“São Paulo representa parcela expressiva dos negócios e dos profissionais tanto da corretagem quanto da indústria de seguros. Por isso, há algum tempo vínhamos buscando essa expansão e melhoria”, explica Robert Bittar, presidente da Escola.

 Nos nove andares do edifício, que somam 4.500 m², estão distribuídas 28 salas de aula, que permitem atendimento simultâneo a 1.100 alunos. Com 140 m², a biblioteca dispõe de mesas para estudo e 12 terminais de consulta. Já o auditório tem capacidade para 160 pessoas e salão anexo para recepção. Outra estrutura aprimorada foi a do laboratório de informática, que agora possui 40 posições.

 

 

Para o presidente Robert Bittar, a história da Instituição na capital paulista se divide em antes e depois do novo prédio. “Esse é um marco muito bem definido, um divisor de águas na nossa trajetória em São Paulo. A reforma do imóvel, o projeto arquitetônico, o mobiliário, os equipamentos, tudo foi muito bem pensado e planejado para garantir a melhor experiência no ensino do seguro, estamos dando um salto de qualidade sem precedentes no maior centro de negócios do País. Esta é uma maneira de retribuir ao setor todo o apoio com que temos sido distinguidos ao longo dos anos”, afirma.

“As instalações estão absolutamente adequadas para quem trabalha, para quem estuda e para quem circula pela Escola. Fizemos tudo de forma a atender plenamente os anseios dos nossos públicos, porque sabemos que o mercado de seguros vai continuar avançando e demandando mão de obra qualificada”, finaliza Bittar.


Fonte: Funenseg em 28/03/2016 

Adicionar comentário

Nossa política editorial tem como base o respeito à diversidade, o apartidarismo, a transparência, a interação e o comprometimento com a veracidade dos fatos. Com essas premissas em mente, estabelecemos e tornamos pública a política de moderação de comentários desta instituição.

O que estimulamos em nossos leitores

Respeito ao diálogo.
Embate de ideias, visões, discursos e posicionamentos.
Sugestões de novas pautas e de temas para serem noticiados pelo site.
Críticas construtivas, bem argumentadas, ao texto principal ou a outros comentários.

Critérios para exclusão de comentários

Poderão ser excluídos comentários que apresentem o seguinte conteúdo:
Xingamentos, ofensas ou ataques a pessoas.
Spam ou comentários que não estejam no contexto do texto ou da discussão.
Manifestações de preconceito.
Mensagens escritas com todas as letras maiúsculas ou excesso de abreviações.
Propagandas diversas (incluindo políticas).
Reprodução integral de textos longos de autoria de terceiros (nesses casos, copie um trecho pequeno e forneça um link para o original, citando o autor).

Termos de uso

Ao enviar um comentário, você concorda que:

Seu comentário não será publicado imediatamente e será moderado pela Coordenação Executiva de "OS PRIMEIROS", de acordo com os critérios acima.
Você é o autor e único responsável pelo conteúdo de seu comentário.
Seu comentário poderá ser reproduzido anonimamente em materiais de divulgação de "OS PRIMEIROS".
O comentário poderá ser editado se contiver a expressão “Sou o primeiro a comentar” ou alguma variação do gênero.


Código de segurança
Atualizar

Logo TAYSAM Web Design 147x29